ARGILAS, CORES E ELEMENTOS QUÍMICOS: UMA ABORDAGEM SOBRE O DIA NACIONAL DA CONSERVAÇÃO DO SOLO

Gizelle Inacio Almerindo, Patricia F. S. Costodio, Anelise Ehrhardt, Julia S. Grigolo, Amanda Paglia

Resumo


A erradicação da pobreza, a proteção do meio ambiente e a prosperidade humana são as premissas da progressão sustentável propostas nos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) implementadas pela Organização das Nações Unidas (ONU), a qual visa os desenvolvimentos social, econômico e ambiental global até o ano de 2030. Perante os aspectos de tais objetivos, o projeto de extensão Química Social do curso de Engenharia Química da Universidade do Vale do Itajaí (Univali) realizou, com dezessete crianças na faixa etária de 9 a 14 anos, no Dia Nacional da Conservação do Solo (15 de abril), uma abordagem sobre este assunto, dando ênfase a utilização das argilas, disponibilizadas pela empresa Terramater – Ingredientes Ativos Minerais. Neste encontro, as crianças conheceram nove tipos de argilas, produziram misturas aquosas de argilas, verificaram a relação da cor com elementos presentes na tabela periódica e tiveram a oportunidade de conhecer uma profissional que trabalha na área de argilas. Ademais, a abordagem sobre os elementos químicos e a Tabela Periódica foi oportunizada visando contribuir com o Ano Internacional da Tabela Periódica, cuja comemoração dos 150 anos do seu estabelecimento ocorreu recentemente, em 2019. O entusiasmo das crianças e seus inúmeros questionamentos tornaram a abordagem da data comemorativa do solo um momento repleto de troca de conhecimentos, contribuindo com o despertar pelo interesse na área das ciências na educação básica.


Palavras-chave: Educação em Química. Oficina Temática. Tabela Periódica. Argilominerais.


Texto completo:

PDF

Referências


CACHAPUZ, António F. Química nova na escola: um caso de sucesso. Química Nova na Escola, [s.l.], v. 37, p.121-126, 2015. Disponível em: . Acesso em: 14 jun. 2018.

CHAGAS, A.P. Argilas: as essências da terra. São Paulo: Moderna,1996.

DARÉ, R. G. et al. Significância dos argilominerais em produtos cosméticos. Revista de Ciências Farmacêuticas Básica e Aplicada, [S. l.], v. 36, n. 4, p.59-67, 2015. - (Daré et al., 2015).

DENAVERRE, M. The chemistry and manufacture of cosmetics. 2. ed. Orlando: Continental Press, 1975. - (Denaverre, 1975).

FREIRE, P. Pedagogia do oprimido. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1974. - (Freire, 1974).

GIORDAN, Marcelo. O papel da experimentação no ensino de Ciências. Química Nova na Escola, v. 10, n. 10, p.43-49, nov. 1999. Disponível em: . Acesso em: 31 jan. 2018.

LYRIO, E. S. et al. Recursos vegetais em biocosméticos: conceito inovador de beleza, saúde e sustentabilidade. Natureza On Line, [S. l.], v. 9, n. 1, p.47-51, 2011. - (Lyrio et al., 2011)

MEC. 2019. MEC e MCTIC lançam Programa Ciência na Escola com o objetivo de modernizar o ensino de Ciências. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/ultimas-noticias/211-218175739/75201-mec-e-mctic-lancam-programa-ciencia-na-escola-com-o-objetivo-de-modernizar-o-ensino-de-ciencias Acesso em: 29 abr. 2019.

MENDELEEV, D. The Periodic law of the Chemicals Elements. Journal of the Chemical Society, v. 55, p. 634-656, 1889

NUNES, K.S. “Argiloterapia na estética integral”. Tratamento de Spa. Personalité, 2003. - (Nunes, 2003).

ONU. 2019. Para solucionar desafios globais, ciência precisa de mais mulheres e meninas. Disponível em: https://nacoesunidas.org/para-solucionar-desafios-globais-ciencia-precisa-de-mais-mulheres-e-meninas/ Acesso em: 29 abr. 2019.

ONUBR NAÇÕES UNIDAS NO BRASIL. UNESCO e governo brasileiro lançam vídeos para auxiliar educadores a falar sobre desenvolvimento sustentável. Disponível em: Acesso em: 22 de dez. 2018.

PEREIRA, R.L.; MUNHOZ, D.A.; PESTA- NA, A.P.; VIEIRA, L.A. e MACHADO, A.H. Tirando as argilas do anonimato. Química Nova na Escola, n. 10, p. 3-5, 1999.

SANTOS P. S. Tecnologias de Argilas Aplicadas às Argilas Brasileiras. São Paulo: Edgar Blücher Ltda, 1975. - (Santos, 1975).

TEIXEIRA-NETO, E.; TEIXEIRA-NETO, A. A. Modificação química de argilas: desafios científicos e tecnológicos para obtenção de novos produtos com maior valor agregado. Química Nova, [S. l.], v. 32, n. 3, p.809-817, 2 abr. 2009. - (Teixeira-neto, 2009).

UNESCO. 2019 - Ano Internacional da Tabela Periódica dos Elementos Químicos. 2019. Disponível em: Acesso em: 05 dez. 2018.

ZAGUE, V. et al. Argilas: Natureza das máscaras faciais. Cosmetics&Toiletries, [S. l.], v. 19, jul./ago. 2007. - (Zague et al., 2007).




DOI: http://dx.doi.org/10.33053/cataventos.v11i2.8208

Apontamentos

  • Não há apontamentos.